LEI DO PROTOCOLO DO ESTADO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

quarta-feira, 22 de março de 2017

AINDA A PROPÓSITO DA INCLUSÃO DO DUQUE DE BRAGANÇA NO PROTOCOLO DO ESTADO

Foto de Real Associação de Viana do Castelo.


Ainda a propósito da Inclusão do Duque de Bragança na Lei do Protocolo do Estado

“O protocolo bem sucedido é aquele que não é visível, que consegue disciplinar as cerimónias oficiais sem que se torne notada ou mesmo aparente a sua intervenção. O protocolo ideal, é aquele que não se vê nem se ouve.”
José Calvet de Magalhães 

Qualquer país têm um ou mais serviços de cerimonial e Portugal não foge à regra. O cerimonial do Estado está concentrado no Serviço de Protocolo, dirigido pelo Chefe do Protocolo do Estado e em Portugal encontra-se regulado pela Lei nº 40/2006 de 25 de Agosto – “Lei das Precedências do Protocolo do Estado Português”.

Então o que é o Protocolo de Estado?

Pode-se entender por Protocolo de Estado, o conjunto de regras de funcionamento e procedimentos a aplicar em cerimónias e eventos onde se encontram representados os Chefes de Estado de um país, Região, autarquias, etc.

Ou seja, são as regras de ordenação de precedências de determinadas individualidades nos actos oficiais em que se encontram, pelo que é sempre muito importante saber quem preside a uma determinada cerimónia; quem se senta ao lado de quem, etc.

O objectivo do protocolo de Estado é evitar situações de ignorância, de não saber o que fazer na presença de determinada personalidade.

Como é do conhecimento geral, o Duque de Bragança, D. Duarte Pio, como descendente e representante dos Reis de Portugal, é muitas vezes convidado a participar em eventos oficiais, do Governo, da Presidência da República, Autarquias locais, etc., e apesar de a sua pessoa não estar incluída no Protocolo de Estado, as entidades promotoras conferem-lhe habitualmente um tratamento de particular respeito.

No sentido de se evitarem situações embaraçosas, quer para quem convida, quer para quem é convidado, um grupo de cidadãos portugueses, achou por bem levar a cabo uma petição para a Inclusão do Duque de Bragança na Lei do Protocolo do Estado.

Importa esclarecer que qualquer pessoa incluída no Protocolo do Estado, não tem qualquer benefício financeiro por esse facto, pois a sua inclusão na lista de protocolo não dá direito a qualquer remuneração ou subvenção estatal, seja como forma de incentivo, patrocínio ou ajuda de custo.



Se ainda não assinou, por favor faça-o aqui:





terça-feira, 21 de março de 2017

IMAGENS E VÍDEO DA GALA "JANTAR DE REIS" - GUIMARÃES 2017

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.



Esta Gala anual organizada pela APAM e pelo Instituto Preste João este ano recebeu as Casas Reais do Havai e do Ruanda.
Contou também com as especais actuações da Princesa Owana Salazar, artista premiada com vários Grammys, acompanhado do seu filho, o Príncipe Noa.

Imagens e Realização de Carlos Casimiro

segunda-feira, 20 de março de 2017

430ª PROCISSÃO DO SENHOR DOS PASSOS DA GRAÇA

Foto de TV Monarquia Portuguesa.
S.A.R. o Príncipe da Beira, Dom Afonso Santa Maria de Bragança, participou na procissão do Senhor Jesus dos Passos, organizada pela Real Irmandade do Senhor dos Passos da Graça.
A Real Irmandade tem sede na Igreja de Graça, em Lisboa, e foi fundada pelo pintor Luís Alvares de Andrade, em 1586.
Fotografia: Paulo Alexandrino.



_DSC3542.jpg

A Irmandade realizou no passado dia 12 de Março, 2º domingo da Quaresma, a 430ª Procissão do Senhor dos Passos da Graça. Esta foi a procissão mais participada desde 2013, ano em que reiniciamos a procissão entre São Roque e a Graça.

Para além da presença do Senhor Cardeal Patriarca e Aio do Senhor dos Passos, D. Manuel Clemente, as cerimónias contaram com o Senhor D. Nuno Brás, Bispo Auxiliar de Lisboa, com S.A.R. o Senhor D. Afonso, Princípe da Beira e Irmão de Honra da Irmandade do Senhor dos Passos e com o membro da Mesa Administrativa da Santa Casa da Misericórdia Dr. Ricardo Alves Gomes. Estiveram presentes também com os Presidentes das Juntas de Freguesia por onde passa a procissão, Misericórdia, Santa Maria Maior e São Vicente.

Ainda a marcar presença estiveram representações da Ordem de Malta, Santo Sepulcro, Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa e Constantiniana de São Jorge, Irmandades da Sé, Conceição Velha e a Real Hermandad de Infanzones de Illescas.

Nesta procissão, tal como ao longo dos últimos cinco anos, A Real Irmandade contou com a presença e o forte apoio e parceria da Irmandade da Misericórdia e de São Roque.


_DSC3394.jpg


_DSC3536.jpg


_DSC3760 (1).jpg


_DSC4546.jpg


_DSC4750.jpg